22/06/2022 às 18h00min - Atualizada em 22/06/2022 às 18h00min

Governo do ES mira operação no transporte de rochas em Cachoeiro e outras cidades

No total, 35 auditores fiscais da Receita Estadual participaram da ação

Auditores fiscais da Secretaria da Fazenda (Sefaz) realizaram, nessa terça-feira (21), uma operação simultânea em quatro pontos do Estado. A fiscalização em campo aconteceu nos municípios de Serra, Linhares, Colatina e Cachoeiro de Itapemirim e abordou, ao todo, mais de 350 motoristas.

Entre os fiscalizados, 13 cargas estavam sendo transportadas sem notas fiscais ou apresentavam alguma irregularidade. Foram apreendidas pedras de granito, materiais de construção, pescados, 55 sacas de café conilon, avaliadas em R$ 40 mil, e uma carga de peças de ar-condicionado avaliada em R$ 100 mil.

"No caso das peças de ar-condicionado, por exemplo, o motorista nos apresentou uma nota fiscal emitida há um ano em que os produtos não correspondiam ao que estava dentro do caminhão. Provavelmente, uma nota antiga que estava tentando reutilizar para acobertar o transporte de outras mercadorias", informou o auditor fiscal João Batista Guedes das Neves.

No total, 35 auditores fiscais da Receita Estadual participaram da ação. Além dos servidores da Sefaz, o trabalho contou com o apoio da Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Federal. "Hoje em dia, com a facilidade de comunicação entre os transportadores de cargas, fica muito fácil descobrir onde está sendo feita uma fiscalização. Fazer abordagens simultâneas em diferentes pontos evita que motoristas com cargas irregulares consigam desviar da fiscalização", destacou o auditor fiscal e gerente Fiscal, Arthur Nunes.

Os autos de infração já começaram a ser pagos pelas empresas responsáveis pelas cargas e foram liberados pela equipe da Sefaz.

 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://noticiasdoes.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Envie sua sugestão de pauta pelo Whatsapp