25/05/2022 às 16h13min - Atualizada em 26/05/2022 às 22h10min

Com inverno intenso, plantações necessitam de cuidados específicos

Professor de Agronomia da Una Lafaiete fala sobre a importância de preservar as diversas agriculturas

SALA DA NOTÍCIA Cristiane Miranda Malheiros
Internet
                                           
  
      Minas Gerais vem enfrentando um inverno com temperaturas muito baixas, chegando até em alguns lugares ter sido registradas temperaturas negativas.  E, diante disso, uma preocupação é com a agricultura. Como ficam as plantações? Para Lucas Lenin Resende de Assis, professor de Agronomia da Una Lafaiate, instituição integrante do Ecossistema Ânima Educação, cada cultura tem sua especificidade. “Por exemplo, quando falamos das hortaliças e por haver na sua composição basicamente água, elas sofrem muito com a queda de temperatura. Por serem de pequeno porte e ciclo curto, a sua condução e manejo é facilitada e a produção pode ser conduzida em estufas de baixo custo ou com o uso de aspersores. Com essa prática, a água, que tem uma temperatura maior, forma uma camada protetora, não permitindo que as plantas sofram com o frio”, exemplifica.

Para o professor Lucas, as plantações que estão em campo nas épocas mais frias e não têm qualquer tolerância às geadas, principalmente quando essas ocorrem em um período incomum, são as que mais sofrem e requer cuidados específicos. “Para a cultura do café, e na região do Sul de Minas, tem se falado na utilização de máquinas de nebulização (aquelas semelhantes à utilizada para controle do mosquito da dengue) e funcionam como uma proteção ao frio, pois impede a transferência ou perda de calor para a atmosfera.  Essa técnica atenua o impacto do frio sob as plantas de café, como se fosse um cobertor mesmo”, observa.

E quais são as características das plantações da região de Conselheiro Lafaiete? De acordo com o professor de Agronomia da Una Lafaiete, o município se configura como uma região em que tipicamente existe o predomínio de agricultura familiar. “Aqui em nossa região existem áreas não muito grandes e, principalmente de culturas hortículas como alface, couve, cenoura e outras. É muito comum aqui, como em outras cidades de Minas, as feiras livres onde o produtor pode comercializar o seu excedente”.
Para o professor é importante um planejamento do cultivo, utilização de variedades resistentes e conhecimento da sua planta quanto a tolerância a geada, técnicas de cobertura e de irrigação. “A manutenção e a recuperação do solo após o período mais intenso de frio também é importante para reestabelecer a microbiota e manter o solo produzindo com qualidade”, afirma.

Projeto de extensão
O curso de Agronomia da Una Lafaiete está desenvolvendo, em parceria com a prefeitura de Conselheiro Lafaiete, o projeto “Foco na produtividade agrícola e no desenvolvimento regional” voltado para os produtores rurais. O objetivo é propor melhorias e treinamentos para aumentar a produtividade e qualidade dos produtos, contribuindo também para um melhor aproveitamento e conservação do solo.

“Já aconteceram duas reuniões e estamos traçando alguns objetivos para identificar as principais necessidades dos produtores e agricultores familiares da região. Além desse projeto e conforme a demanda dos produtores, não perdemos a oportunidade de contribuir para a agricultura familiar e local, tornando-a sustentável. Foram submetidos três projetos para dois editais recentemente e que, se contemplados, poderão contribuir também para essa produção mais saudável e de qualidade”, informa Lucas Resende.

Sobre a Una
Com 60 anos de tradição em ensino superior, o Centro Universitário Una, que integra o Ecossistema Ânima, oferece mais de 60 opções de cursos de graduação. Está entre os melhores centros universitários do país, pelo MEC, e é destaque na edição 2021 do Guia da Faculdade, iniciativa da Quero Educação com o jornal O Estado de São Paulo. Pelo ranking, a maioria dos seus cursos foi classificada positivamente. A instituição preza pela qualidade acadêmica e oferece projetos de extensão universitária que reforçam seus pilares de inclusão, diversidade, acessibilidade e empregabilidade.
www.una.br
Una, sua parceira de vida.

Sobre a Ânima
Com o propósito de 'Transformar o Brasil pela Educação', a Ânima é o maior e o mais inovador ecossistema de ensino de qualidade do país com um portfólio de marcas valiosas e um dos principais players de educação continuada na área médica. A companhia é formada por uma comunidade de aprendizagem com cerca de 350 mil pessoas, composta por mais de 310 mil estudantes e 18 mil educadores, distribuídos em 18 instituições de ensino superior e em mais de 400 polos educacionais por todo o Brasil. Integradas também ao Ecossistema Ânima estão oito marcas especialistas em suas áreas de atuação, como HSM, HSM University, EBRADI (Escola Brasileira de Direito), Le Cordon Bleu (SP), SingularityU Brazil, Inspirali e Learning Village, primeiro hub de inovação e educação da América Latina, além do Instituto Ânima. Em 2021, a Ânima conquistou o 1º lugar no setor serviços e ficou na 45ª posição no ranking das 150 empresas mais inovadoras do Brasil pelo Prêmio Valor Inovação –parceria do jornal Valor Econômico e a Strategy&, consultoria estratégica da PwC. Além disso, foi destaque no Guia ESG da revista Exame como uma das vencedoras na categoria Educação e conquistou, em 2019, o prêmio Mulheres na Liderança, na categoria Educação, iniciativa da ONG Women in Leadership in Latin America (WILL). Desde 2013, a companhia está na Bolsa de Valores, no segmento de Novo Mercado, considerado o de mais elevado grau de governança corporativa.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://noticiasdoes.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Envie sua sugestão de pauta pelo Whatsapp