25/05/2022 às 17h19min - Atualizada em 26/05/2022 às 22h10min

Modelagem matemática ajuda a reduzir custos de produção da suinocultura

Especialista explica como ferramentas de predição podem oferecer alternativas principalmente para momentos de crise da criação de suínos

SALA DA NOTÍCIA Texto - Assessoria de Imprensa
Modelagem matemática ajuda a reduzir custos de produção da suinocultura

Especialista explica como ferramentas de predição podem oferecer alternativas principalmente para momentos de crise da criação de suínos

Diante de um mercado volátil, com alto custo de produção e preço de venda pouco remuneradores, cada vez mais suinocultores buscam na tecnologia as soluções para equacionar o resultado financeiro do seu negócio. "Um grande desafio no desenvolvimento de estratégias nutricionais para suínos é saber como atingir o melhor custo por kg de carne produzida sem comprometer a produtividade animal e características de carcaça. Adicione a variação do dólar, alta dos preços de combustíveis e dos grãos e o cenário geopolítico. Muitos fatores precisam ser considerados e, para isso, é essencial reuni-los em uma única ferramenta com base nos modelos matemáticos", apresenta Héctor Martínez, Ph.D. gerente de tecnologia e inovação da Trouw Nutrition, empresa global de soluções para nutrição animal.

Martínez alerta que manter um negócio suinícola com base em suposições ou especulações não é mais uma alternativa economicamente viável. O tipo de sistema, a região, a disponibilidade de matérias-primas, bem-estar animal, saúde, peso de abate, e os objetivos específicos da propriedade são apenas alguns exemplos de como a produção de suínos depende de diversos fatores. "Como saber qual matéria-prima ou subproduto tem a melhor inclusão na formulação para atender o melhor custo x benefício? É rentável aumentar o desempenho produtivo dos animais? Quais seriam as consequências de diluir as rações? A tecnologia possibilitou o desenvolvimento de softwares que respondem a essas questões. É o caso do NutriOpt®, um conjunto de modelos matemáticos capazes de representar especificamente a realidade do sistema produtivo, promovendo otimizações customizadas segundo o cenário atual do mercado, entregando sugestões e soluções dentro dos parâmetros financeiros previamente estabelecidos.     

Além de facilitar o entendimento da complexidade da biologia de crescimento do suíno, o sistema captura dados que serão usados pelo produtor para tomar decisões economicamente sustentáveis, sendo capaz de determinar o impacto da pegada de carbono e outros gases de efeito estufa como CO2, CH4, NO2 além de determinar as quantidades excretadas de N, P, K, Cu, Zn, etc.  

Os modelos matemáticos do NutriOpt permitem ao produtor calcular o desempenho ideal para os suínos com redução de custos. Dessa forma, é possível prever a expansão do sistema de produção, levando em consideração o potencial de crescimento animal, saúde e bem-estar dos animais.

"Estamos falando de uma tecnologia acessível, que utiliza dados que a propriedade já possui. A diferença aqui é que com o software o produtor pode fazer muito mais, porque ao reuni-los em lugar só ele tem a visão do todo e pode aplicar no gerenciamento diário. É uma solução viável frente ao cenário turbulento enfrentado pela atividade e proporciona um diferencial competitivo quando colocamos os números no papel", completa Héctor Martínez.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://noticiasdoes.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Envie sua sugestão de pauta pelo Whatsapp