24/05/2022 às 21h30min - Atualizada em 25/05/2022 às 00h00min

Compra do Twitter pode ser o princípio do abismo de Elon Musk?

A possível compra do Twitter por Elon Musk já começou como um negócio nada lucrativo. Desde o anúncio, as ações da Tesla já caíram US$ 49 bi

Olhar Digital
https://olhardigital.com.br/2022/05/24/pro/compra-do-twitter-pode-ser-o-principio-do-abismo-de-elon-musk/

A possível compra do Twitter por Elon Musk já começou como um negócio nada lucrativo. Desde que o CEO da SpaceX anunciou a intenção de fechar o negócio por US$ 44 bilhões, as ações de sua outra empresa, a Tesla, caíram US$ 49 bilhões no mercado de Wall Street, sendo um reflexo do mercado financeiro nos últimos dias. Além disso, a fabricante de carros elétricos também foi excluída do índice ESG de sustentabilidade da S&P, o que levou Musk a publicar tuítes com fortes críticas à ESG.  

“O ESG é uma farsa. Foi armada por falsos guerreiros da justiça social”, disse Musk. 

Discriminação e más condições de trabalho 

Entre os motivos que foram preponderantes para a retirada da Tesla do índice, foram denúncias de discriminação racial e más condições de trabalho na fábrica da Califórnia. 

Apesar das perdas, Elon Musk continua sendo o homem mais rico do mundo, com uma fortuna estimada em US$ 210 bilhões, o que equivale a 1% do PIB dos EUA. A fortuna de Musk é 3 milhões de vezes maior em comparação à renda média das famílias norte-americanas. 

Leia mais:

Queda brusca 

No entanto, a fortuna caiu consideravelmente de 2021 para cá. Em novembro, ela estava orçada em US$ 340 bilhões, ou seja, somente neste ano Elon Musk perdeu 22,4% ou US$ 60,4 bilhões do seu patrimônio, principalmente em ações. 

Situação que atingiu outros bilionários, como o CEO da Binance, Changpeng Zhao, com uma perda de US$ 81 bilhões e Jeff Bezos, ex-Amazon e atual CEO da Blue Origin, que teve  uma queda de US$ 62 bilhões no patrimônio somente nesses cinco primeiros meses de 2022. 

Twitter: boa ou má escolha? 

O principal motivo da queda na riqueza de Elon Musk é a obstinação pela compra do Twitter. Desde que o CEO da Tesla comprou uma participação de 9% da rede social e anunciou o plano para adquirir totalmente o microblog, as ações da Tesla caíram 14%. 

Somente no dia em que os acionistas do Twitter aceitaram a compra, houve uma queda de 12% nas ações da fabricante de carros elétricos. Isso porque observadores do mercado analisaram que Musk venderia ações da Tesla para financiar o projeto. 

Carros da Tesla em um pátio, vistos de cima

Carros da Tesla em um pátio, vistos de cima

A Tesla é uma das empresas mais rentáveis de Elon Musk e domina o mercado de carros elétricos nos EUA. Será que a compra do Twitter pode trazer consequências negativas a longo prazo ao negócio? Imagem: Divulgação / Tesla

A recente queda no preço das ações da Tesla apagou uma parte substancial dos ganhos que a empresa obteve durante a pandemia, que viu seu valor de mercado subir de US$ 117 bilhões em janeiro de 2020 para US$ 1 trilhão em outubro de 2021. A capitalização de mercado da Tesla atualmente é de US$ 735 bilhões.

E à medida que a fortuna de Elon Musk desce junto com as ações da Tesla, a empresa que ele está tentando adquirir também afundou na avaliação. As ações do Twitter estão sendo negociadas bem abaixo do preço de oferta de US$ 54,20 de Musk, a US$ 35,76 por ação. 

Mesmo sendo atuante fiel no Twitter com seus comentários ácidos, ainda não se sabe se Elon Musk realmente concretizará a compra, pelo menos por US$ 44 bilhões. E uma pergunta fica no ar: será que esse negócio será bem-sucedido? 

Via: Fortune 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Compra do Twitter pode ser o princípio do abismo de Elon Musk? apareceu primeiro em Olhar Digital.



Fonte: https://olhardigital.com.br/2022/05/24/pro/compra-do-twitter-pode-ser-o-principio-do-abismo-de-elon-musk/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://noticiasdoes.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Envie sua sugestão de pauta pelo Whatsapp