20/05/2022 às 11h04min - Atualizada em 21/05/2022 às 00h00min

Empregos: adoção de metodologias ágeis por alunos do G4 Educação gera 100 mil postos de trabalho

Comunicado foi feito em Nova York junto ao compromisso da geração de 1milhão de novos empregos até 2030

SALA DA NOTÍCIA Agência Pub
Divulgação G4

Recentemente, o painel da Nasdaq na Times Square, em Nova York, recebeu um anúncio diferente. Ao invés dos tradicionais IPOs, a informação foi da geração de 100 mil empregos indiretos pelo G4 Educação, ecossistema de soluções para o empreendedor brasileiro. O número é bastante representativo ao se considerar que o Brasil fechou 2021 com cerca de 12 milhões de desempregados, situação agravada nos últimos dois anos de enfrentamento da pandemia e que ainda apresenta um cenário macro bastante desafiador, considerando momento econômico, ano eleitoral e guerra na Ucrânia. 

Este dado é resultado de uma pesquisa realizada com 589 empresas (24% da base total do G4) que passaram pelos cursos de formação da edtech de 2019 até agora. As informações, definidas e validadas pelos matemáticos da USP (Universidade de São Paulo), apontam que estas empresas geraram 100 mil empregos, crescimento que corresponde a 116% do quadro de colaboradores. A metodologia ajusta, por meio de uma fórmula, o tamanho do quadro de funcionários das empresas na época do curso com a situação atual.    

O estudo também aponta que os principais problemas relatados por essas empresas estão 29,7% relacionados à dificuldade em organizar, gerir o time e desenvolver uma cultura organizacional. Em seguida, com 28,5%, está o desafio de se vender mais e aumentar conversão.  Outro dado interessante: os negócios menores, depois de passarem por um curso de formação, foram os que mais contrataram. As empresas com quantidade entre 10 e 50 funcionários registraram um crescimento de 169% no quadro, enquanto aquelas com mais de 1.000 colaboradores tiveram um aumento de 115%.  

Para Tallis Gomes, co-founder e chairman da edtech, a missão do G4 é transformar a realidade socioeconômica do Brasil por meio da educação executiva. “Acompanhamos e direcionamos nossos alunos durante toda a jornada de crescimento, nos identificando como o ‘Waze’ da educação, uma vez que levamos o empreendedor do ponto A ao ponto B por um caminho muito mais curto e agregando valor à trajetória”, destaca Gomes.  

ACRÉSCIMO DE 700% EM POSTOS DE TRABALHO 

Este foi o caso da Praxio Tecnologia. “Saí do programa de formação do G4 Educação com um mindset completamente diferente, entendendo como criar um negócio ágil e escalável”, explica o CEO, Valmir Colodrão, aluno da 7ª turma da imersão e mentoria Gestão 4.0,. Após sua passagem pela escola de negócios, o número de funcionários da empresa saltou de 500 para 3.500. De acordo com o executivo, este resultado é reflexo da transição de um modelo de negócio tradicional engessado para um dinâmico e baseado em indicadores relevantes, de modo que a empresa se tornou mais competitiva no mercado.  

Para Gomes, grande parte das companhias brasileiras não consegue desenvolver todo seu potencial de crescimento, e isso tem impacto negativo na realidade do país. “Ao sanar este débito, nós vemos um aumento substancial de demanda por profissionais, o que leva à geração de novos postos de trabalho. Meus sócios e eu entendemos que traduzir as práticas das empresas de alto crescimento para os negócios nacionais, com uma metodologia ágil e aplicável, faz com que a realidade socioeconômica do Brasil seja transformada. Nossa meta, agora, é gerar um milhão de empregos até 2030”, enfatiza o co-founder da edtech. 

A escola de negócios - fundada por Tallis Gomes (Easy Taxi e Singu), Alfredo Soares (Loja Integrada, XTech e VTEX), Bruno Nardon (Kanui, Rappi e Dafiti) e Tony Celestino (Techstars) – tem por objetivo formar a “Geração G4”, a qual será representada por empreendedores e gestores que aplicam os frameworks e ferramentas apresentados nos programas do G4. 

Sobre o G4 Educação 

Trata-se de um ecossistema de soluções para o empreendedor brasileiro, cujo objetivo é transformar a realidade socioeconômica do país, gerando empregos a partir do crescimento sustentável das empresas de seus alunos. O G4 Educação atua em várias frentes e oferece programas de cursos presenciais e on-line, de curta e média duração, com o intuito de traduzir as práticas das empresas de alto crescimento para a realidade dos negócios tradicionais por meio de mentores com amplo track record. 

A metodologia de ensino é baseada em um conteúdo altamente aplicável e atual, assim como em ferramentas práticas, por meio das quais são abordadas as técnicas, frameworks e mecanismos de gestão de sales, customer experience e growth, utilizados pelas empresas mais inovadoras e valiosas do mundo. 

Outra vertente é o G4 Club, um clube exclusivo, formado por mais de 150 empreendedores e founders de empresas. A finalidade é criar as condições propícias para a geração de negócios, networking, experiência e desenvolvimento contínuo. 

Para as empresas e seus times, há o G4 Skills, um SaaS online B2B baseado em Inteligência Artificial (IA) que elabora trilhas de conhecimento personalizadas; e o In Company, que oferece treinamento presencial totalmente customizado, de acordo com as necessidades das companhias. 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://noticiasdoes.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Envie sua sugestão de pauta pelo Whatsapp