11/05/2022 às 09h30min - Atualizada em 13/05/2022 às 00h01min

Mandale Mecha faz baile latino mesclando ritmos regionais, trap e pop eletrônico no álbum “Maracuyá-Azedo”

Lançamento é do selo espanhol Raso Estúdio

SALA DA NOTÍCIA Nathália Pandeló Corrêa
Renan Casarin
 

Banda formada entre a Argentina e o Brasil, Mandale Mecha celebra suas múltiplas raízes com o lançamento de seu segundo disco, “Maracuyá-Azedo”. Esta é a primeira parte de um álbum duplo, somando 20 faixas, que o grupo prepara ainda para este ano. O lado A será seguido pelo lado B, “Maracuyá-Doce”, previsto para setembro. O ousado projeto chega às plataformas de música mundialmente pelo selo espanhol Raso Estúdio.

Ouça “Maracujá-Azedo”: https://bit.ly/Maracuya-Azedo

“A fruta e a flor do maracujá (maracuyá em espanhol) representam muito bem o conceito desse novo trabalho. Colocando em harmonia o doce e o azedo nas composições e sonoridade, o disco é um convite à ‘fruta da paixão’, afrodisíaca, azeda e ao mesmo tempo calmante, charmosa e tropical que te transportará para qualquer praia do Brasil num piscar de olhos”, resume o grupo.

O disco vem para celebrar o ótimo momento de Mandale Mecha, uma banda improvável que desafia fronteiras - tanto de gêneros musicais, quanto geográficas. O grupo é formado pela cantora argentina radicada em Florianópolis, Michu Mendez (Petit Mort, Muñoz, Menage); e pelos músicos Chico Abreu (Skrotes, Los Desterros, Carolino), Juliano Parreira e Gustavo Koshikumo (ambos do ATR, AQUAmono e Deep Leaks).

O resultado é uma obra plural e sem amarras, em que Mandale Mecha abraça a festa com ritmos dançantes, porém sem abrir mão de letras empoderadoras, que cantam a libertação dos corpos femininos. Esta nova fase vem numa sequência de muitos lançamentos para a banda, que começou na pandemia e, neste meio tempo, já chegou à trilha sonora do sucesso mundial da Netflix, a série espanhola “Valéria”, com a faixa “Papi”.

“Ficken und Kiffen”, o álbum de estreia de Mandale Mecha, nasceu em outubro de 2020, trazendo um pouco de alegria, latinidade e ares tropicais para se refugiar durante o isolamento social. Ao longo de 2021, a banda lançou 7 singles mostrando todas as facetas de gêneros musicais que convivem no seu DNA , com letras atravessadas pelo espírito de luta e empoderamento da mulher. É o caso de “El sol”, feat com Mulamba que conquistou muitos corações latinoamericanos.

Agora, o quarteto retorna com 20 músicas produzidas durante 2021 e o começo de 2022 e que trazem um furacão de emoções traduzidas nas melodias e ritmos plurais que caracterizam a banda, passando por emo trap, reggaeton, jazz, hip-hop, música eletrônica e dançante, e cultura rock, com letras sensuais, quentes, contagiosas e de luta, em espanhol, português e inglês.

O novo baile plural e dançante de Mandale Mecha já está disponível para streaming nas principais plataformas de música.

 

Tracklist

The Fever

No Te Creas Que Soy Lassie

Moçamba

Rainfalls

Turbo Love Bomb 

More Sugar 

Conmibum 

27 Hours 

Calcinha

Velociraptores

 

Ficha técnica

Produzido por Mandale Mecha

Letra e voz: Michu Mendez

Programação e guitarra: Gustavo Koshikumo

Programação e teclado: Juliano Parreira

Programação e baixo: Chico Abreu

Saxofones em "Rainfalls": Mauro Fontoura e Éder Araújo

Mixagem e masterização: Deep Leaks

Arte da capa: Felipe Parucci

Selo: Raso Estúdio

 

Siga Mándale Mecha

http://www.instagram.com/mandalemecha_br



 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://noticiasdoes.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Envie sua sugestão de pauta pelo Whatsapp