08/05/2022 às 16h38min - Atualizada em 09/05/2022 às 00h00min

Hackers roubaram pelo menos R$ 1,8 bilhão em criptomoedas em abril

Só no último fim de semana, duas plataformas de criptomoedas perderam US$ 90 milhões (R$ 447 milhões) após ataque de cibercriminosos.

Olhar Digital
https://olhardigital.com.br/2022/05/08/pro/hackers-roubaram-pelo-menos-r-18-bilhao-em-criptomoedas-em-abril/

Os ataques a empresas e instituições que usam criptomoedas estão cada vez mais bem sucedidos. Só no último fim de semana, duas plataformas de criptomoedas perderam US$ 90 milhões (R$ 447 milhões) após ataque de cibercriminosos. O prejuízo da Saddle Finance e FEI Protocol, que tiveram US$ 10 milhões e US$ 80 milhões roubados, respectivamente, fez o setor de finanças por blockchain fechar abril com mais de US$ 370 milhões (R$ 1,8 bilhão) em criptomoedas levadas por hackers.

O balanço é da empresa CertiK, especialista em segurança cibernética em projetos da web 3, como tem sido chamada a “internet do futuro” baseada em blockchain, tecnologia conhecida por armazenar e proteger registros virtuais de forma descentralizada.

Além do ataque no último fim de semana, o mês de abril contabilizou 31 ações cibercriminosas contra projetos de criptografia ou web3, incluindo as empresas Beanstalk, Deus Finance e Bored Ape Yacht Club, famosa pelos seus NFTs. De acordo com a CertiK, os ataques foram de diferentes tipos, desde a exploração de protocolos de dados até o phishing de usuários, que é a prática de atrair vítimas com informações falsas para acessar seus dados.

Segundo reportagem no Wall Street Journal, o montante roubado em criptomoedas ao longo de abril pode ser ainda maior. Isso porque um ataque hacker no Beanstalk, projeto de stablecoin (um tipo de criptomoeda), foi além do que o registrado em relatórios iniciais. Inicialmente, estimaram perda de US$ 76 milhões (R$ 377 milhões). Mas, segundo a publicação, os hackers teriam levado US$ 182 milhões (R$ 938 milhões) em ativos digitais. O acontecimento foi o quinto maior roubo já visto na área.

Pagamento de resgates

Até 22 de abril deste ano foram registrados sete ataques do tipo. Eles renderam aos criminosos cerca de US$ 2,9 bilhões (R$ 14,4 bilhões), já sendo o equivalente a 90% dos US$ 3,2 bilhões (R$ 15,8 bilhões) roubados em 2021. Pagamento de resgate As empresas FEI Protocol e a Saddle Finance (que se fundiram com a Rari Capital no ano passado) oferecem dinheiro para que os hackers devolvam os fundos roubados.

“Para o invasor, por favor, aceite uma recompensa de US$ 10 milhões sem precisar dar explicações se você devolver os fundos restantes dos usuários”, escreveu a FEI Protocol no Twitter.

A Saddle está tentando fazer o mesmo. Na rede social, a companhia afirmou que está tentando entrar em contato com o hacker “para negociar uma recompensa”. “Se você é o invasor, por favor, envie-nos uma DM”.

O pagamento de recompensa para hackers não é uma estratégia nova. Em 2021, depois de roubar US$ 600 milhões (R$ 2,9 bilhões) da plataforma de criptomoedas Poly Network, um hacker, chamado pela empresa de “Sr. White Hat” (Senhor Chapéu Branco, em tradução livre), acabou devolvendo todo o dinheiro em troca de de US$ 486 mil (R$ 2,4 milhões).

No início deste ano, um cibercriminoso que roubou mais de US$ 3 milhões (R$ 14,8 milhões) de usuários do serviço de blockchain Multichain se ofereceu para devolver 80% dos fundos roubados às vítimas, mantendo o restante como “gorjeta” pela devolução.

Via Uol.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Hackers roubaram pelo menos R$ 1,8 bilhão em criptomoedas em abril apareceu primeiro em Olhar Digital.



Fonte: https://olhardigital.com.br/2022/05/08/pro/hackers-roubaram-pelo-menos-r-18-bilhao-em-criptomoedas-em-abril/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://noticiasdoes.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Envie sua sugestão de pauta pelo Whatsapp