20/02/2024 às 10h00min - Atualizada em 22/02/2024 às 00h00min

Hetrin adquiri 72 novos equipamentos de assistência aos pacientes

Monitores multiparamétricos e desfibriladores foram atualizados por modelos mais modernos e completos

ECCO Escritorio de Consultoria em Comunicação Ltda
debora@ecco.inf.br
Divulgação/ IMED
O Hospital Estadual de Trindade – Walda Ferreira dos Santos (Hetrin), unidade do governo de Goiás, atualizou alguns de seus equipamentos médico-hospitalares como monitores multiparamétricos e desfibriladores. Ao todo, foram adquiridos 49 monitores multiparâmetros e 23 desfibriladores, os quais contemplaram diferentes áreas do hospital, como a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Clínica Cirúrgica, Enfermarias e o Pronto-Socorro.

Os novos aparelhos contribuirão para uma assistência aprimorada aos pacientes e maior praticidade para os funcionários. “São monitores que asseguram um desempenho superior, precisão e confiabilidade na monitorização dos sinais vitais dos pacientes. Além disso, foram instalados desfibriladores, que possibilitam uma intervenção mais rápida e eficaz na terapia elétrica cardiovascular dos pacientes atendidos na unidade”, destaca o engenheiro clínico do Hetrin, João Duarte Miranda.

O Hetrin, unidade administrada pelo Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (IMED), promoveu um treinamento operacional com os colaboradores assistenciais da unidade, visando garantir que todos compreendam e saibam utilizar os novos equipamentos, proporcionando assim um atendimento mais eficaz aos usuários. Os novos aparelhos prometem garantir uma assistência aprimorada, fornecendo mais informações e precisão sobre o estado clínico dos pacientes, além de otimizar o tempo da equipe assistencial com a tecnologia dos novos dispositivos.

Novos aparelhos
O monitor multiparamétrico é um equipamento que mostra, simultaneamente, a frequência cardíaca com o traçado de eletrocardiograma, saturação de O2, capnografia, pressão não invasiva e pressão invasiva, temperatura de pele, esofágica e retal, além da frequência respiratória do paciente. O aparelho traz um relatório completo do estado clínico do paciente e pode ser configurado pela equipe assistencial responsável de acordo com a necessidade específica de cada paciente e setor da unidade.

O outro aparelho foi o cardioversor-desfibrilador, utilizado para desfibrilar pacientes, ou seja, aplicar uma corrente elétrica para reverter um quadro de arritmia cardíaca. Ele opera fixando placas adesivas nas costas ou no peito do paciente, que transmitem correntes elétricas de 5 a 105 miliamperes, funcionando como um marcapasso externo ao corpo. O cardioversor pode ser utilizado com segurança por várias horas e permite que os médicos avaliem a necessidade de outros procedimentos ou cirurgias.

“Esse aprimoramento reflete o compromisso constante na busca pela melhoria da qualidade dos serviços oferecidos na unidade e de oferecer o que há de mais moderno no mercado, visando a mais segura experiência para nossos pacientes”, afirma a diretora da unidade, Vânia Fernandes.

Assessoria de Comunicação do Hetrin

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo que acontece! Basta clicar aqui.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://noticiasdoes.com.br/.