08/02/2024 às 17h45min - Atualizada em 09/02/2024 às 00h00min

Oftalmologista orienta sobre os riscos das pomadas modeladoras para a visão durante a folia

Dr. Pedro Antonio Nogueira Filho, especialista em córnea e doenças oculares externas e chefe do PS do H.Olhos, alerta para os riscos de queimaduras, que podem aumentar neste período, ressaltando a importância da escolha de produtos regulamentados pela Anvisa e cuidados necessários durante o banho

Target Estratégia em Comunicação
H.Olhos - Hospital de Olhos, da Rede Vision One
Divulgação - Imagem Freepik

Durante o Carnaval, a combinação de altas temperaturas com suor, chuvas e até mesmo banhos sem os devidos cuidados de proteção, acaba expondo a região dos olhos a substâncias prejudiciais de algumas pomadas modeladoras de cabelo e outros cosméticos sem regulamentação, exigindo atenção extra também no período de folia. O alerta vem do oftalmologista Dr. Pedro Antonio Nogueira Filho, especialista em córnea e doenças oculares externas, que também é chefe do pronto-socorro do H.Olhos - Hospital de Olhos, referência em oftalmologia no Estado de São Paulo.

O médico explica que “a toxicidade de alguns desses produtos se dá pela diferença do pH da lágrima e do cosmético, podendo causar lesões na córnea”, e que quem usa pomadas modeladoras deve ficar atento à presença de formaldeído em sua fórmula. 

O formaldeído, também conhecido popularmente como formol, possui maior capacidade de gerar dano, pois, quimicamente, trata-se de uma molécula capaz de reações imediatas, penetrando nas células que compõem a superfície ocular e reagindo com as proteínas e causando toxicidade”, alerta Dr. Pedro.

Dr. Pedro vem acompanhando com atenção as queixas de queimaduras oculares causadas por pomadas e lembra que elas ganharam destaque justamente no último Carnaval, a partir de fevereiro de 2023, quando ao menos 243 mulheres receberam atendimento oftalmológico de urgência na cidade de Recife (PE). Posteriormente, em dezembro de 2023, cerca de 100 pessoas também buscaram auxílio médico oftalmológico, desta vez na cidade do Rio de Janeiro. 

Em comum, todas as mulheres apresentaram sintomas de vermelhidão, dor intensa nos olhos, inchaço, lacrimejamento, intolerância à luz, visão turva, sendo que algumas também relataram episódios de cegueira temporária, atrelados a queimaduras nas córneas pelo contato com as tais pomadas modeladoras para cabelo.

Por isso mesmo, é fundamental que sejam utilizadas apenas pomadas autorizadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), já que isso significa que são produtos devidamente regulamentados e seguros. 

A consulta aos produtos liberados é fácil, estando disponível gratuitamente no site oficial da Anvisa.

O que fazer em casos de intoxicação
Embora esses cuidados sejam importantes, ainda assim é vital que o produto, mesmo quando liberado pela Anvisa, não entre em contato com os olhos, principalmente no momento do banho. “Outro cuidado a ser tomado é que, ao lavar os cabelos, a pessoa remova todos os resíduos do material, já que a lista de produtos liberados está em constante atualização e que o formaldeído pode causar sintomas tardios, inclusive no dia seguinte a aplicação”, diz Dr. Pedro.

A orientação para quem já experimentou irritações oculares devido ao uso das pomadas capilares é enxaguar os olhos com água filtrada ou corrente, buscando, logo em seguida, serviço médico oftalmológico de referência.

Reconhecer os primeiros sintomas é essencial para que o tratamento ocorra precocemente, evitando danos maiores: “vermelhidão, dor intensa nos olhos, inchaço, lacrimejamento, intolerância à luz, visão turva, além de episódios de cegueira temporária, podem estar atrelados às queimaduras nas córneas pelo contato com as pomadas modeladoras para cabelo e, em vigência destes sintomas, é urgente buscar por auxílio médico”, alerta Dr. Pedro.

Sobre o H.Olhos - Hospital de Olhos
Referência em oftalmologia no Estado de São Paulo e reconhecido no mercado há mais de 40 anos, o H.Olhos - Hospital de Olhos é uma marca que pertence à Vision One, maior rede de clínicas e hospitais oftalmológicos de alta complexidade do Brasil, contando com centro cirúrgico, centro de diagnóstico e consultórios equipados com aparelhos de última geração voltados à saúde ocular. O H.Olhos tem acreditação nível 3 de excelência, a mais alta certificação da Organização Nacional de Acreditação (ONA), o que reforça sua cultura organizacional de melhoria contínua com maturidade institucional. Ao todo, são 12 unidades: H.Olhos (Paraíso, São Bernardo do Campo, Jardim Paulista e Penha de França), CERPO (Chácara Santo Antônio, Santo André, Diadema, Mauá e São Caetano do Sul), Visoclínica (Jardim Paulista), Laser Ocular (Santo André) e CEOSP (Moema).


Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo que acontece! Basta clicar aqui.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://noticiasdoes.com.br/.