31/03/2022 às 06h14min - Atualizada em 31/03/2022 às 06h14min

Após traição, “Ricardão” fica sob a mira de revólver e é obrigado a gravar vídeo no Sul do Espírito Santo

Sob a mira de um revólver, o “Ricardão” foi obrigado a gravar um vídeo confessando que teria traído sua esposa e teve que publicar nas redes sociais

Um homem ficou sob a mira de revólver e foi agredido após se envolver com uma mulher casada. O caso aconteceu na cidade de Atílio Vivácqua e foi registrado na Polícia Civil nesta terça-feira (29).

De acordo com o boletim de ocorrências, o “Ricardão”, que mora em Muqui e é casado, foi convidado para um encontro com a mulher com quem, segundo ele, se relacionou apenas uma vez. Chegando ao local combinado, em Atílio Vivácqua, quem estava lá era o marido da mulher, que o agrediu e efetuou dois disparos de arma de fogo em direção a seu carro.

Sob a mira de um revólver, o “Ricardão” foi obrigado a gravar um vídeo confessando que teria traído sua esposa e teve que publicar nas redes sociais.

Na sequência, a vítima foi liberada e ameaçada de morte caso fizesse algo contra o agressor. O caso foi registrado na Polícia Civil em Muqui.

Na tarde desta quarta-feira (30) o caso começou a circular nas redes sociais, vinculando a situação a um casal dono de uma drogaria em Cachoeiro que não tem nenhuma relação com a traição citada no boletim de ocorrências. A reportagem fez contato com o “Ricardão”, que confirmou que o casal de empresários não tem nada a ver com o ocorrido e que trata-se de fake news.


Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo que acontece! Basta clicar aqui.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://noticiasdoes.com.br/.