29/07/2022 às 13h59min - Atualizada em 30/07/2022 às 00h01min

Doença do olho seco afeta principalmente mulheres e se intensifica durante inverno e clima seco, alertam especialistas

Em períodos de clima seco, pessoas de qualquer idade e gênero em contato com fumaça, poeira, ar condicionado podem apresentar sintomas de ressecamento e irritação ocular. Alem disso, atividades que exigem concentração prolongada (como escrita e leitura) e exposição a telas, podem também ser consideradas de maior risco para os sintomas de olho seco.

SALA DA NOTÍCIA SPMJ Comunicação
AbbVie
aworsaude

Ardência, cansaço e vermelhidão nos olhos, lacrimejamento, coceira, visão turva (pode melhorar depois de piscar), sensação de “areia” nos olhos desconforto ao ler, assistir televisão ou trabalhar em frente ao computador por muito tempo 3. Estes são alguns dos sinais do Olho Seco, que pode se intensificar durante o período de clima seco, como inverno, acomete mais mulheres do que homens e se caracteriza por alterações na quantidade e ou (qualidade) da lágrima, que tem também por função lubrificar adequadamente o olho1, 2

“Esta é uma doença que aparece de forma silenciosa e pode causar sintomas imperceptíveis. É muito comum que o paciente nem se dê conta de que o quê está sentindo pode ser olho seco; - por isso, consultar o oftalmologista de maneira periódica é essencial”, afirma a oftalmologista Monica Alves, professora e pesquisadora do Departamento de Oftalmologia da Unicamp. “É muito importante que o paciente faça exames rotineiros para prevenir o problema. Beber muita água, seguir dieta saudável e piscar com mais frequência são algumas formas de manter os olhos bem lubrificados e protegidos e que podem reduzir a incidência do olho seco. Estágios mais avançados da doença tem grande impacto na qualidade de vida dos pacientes, podem exigir tratamentos mais complexos e até cirurgias”, alerta.

A lágrima é formada por camadas2: camada aquosa produzida pelas glândulas lacrimais e uma camada lipídica, mais externa que impede a evaporação da lágrima. Esta é uma combinação que mantém a superfície do olho lubrificada, protegida e clara. “Alterações das camadas da lágrima pode causar diferentes formas de olho seco”, diz a especialista.

Sintomas, Prevenção e Diagnóstico

 Os sintomas do olho seco podem afetar qualquer pessoa e podem se tornar mais intensos ao final do dia, após trabalho prolongado de leitura e escrita, sob claridade (natural ou artificial) - a pessoa piscar menos, lubrificando menos o olho - ou pessoas expostas, por longos períodos, a ar condicionado, ou mesmo a ambiente externo com excesso de poeira ou fumaça.

Na presença de sintomas, a especialista recomenda procurar um oftalmologista para o diagnóstico correto, que avalia a produção- e qualidade das lágrimas. “Na presença de sintomas de desconforto ocular, deve-se procurar o oftalmologista”, recomenda Monica Alves.

Para mais informações sobre olho seco e saúde ocular de forma geral, acesse www.visaoemdia.com.br ou no Instagram @visaoemdia.

Referências

 

1 . https://www.iapb.org/blog/addressing-the-diverse-needs-of-womens-eye-health-in-diverse-ways/

  1. https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/dry-eyes/symptoms-causes/syc-20371863
  2. https://www.visaoemdia.com.br/olho-seco/

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://noticiasdoes.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Envie sua sugestão de pauta pelo Whatsapp