25/07/2022 às 14h18min - Atualizada em 25/07/2022 às 14h50min

Promax Bardahl economiza 64 toneladas de plástico ao adotar embalagens de papelão

Em reconhecimento as ações em prol do planeta, empresa pioneira em produtos de lubrificação de motores e aditivos recebe o Selo Verde, certificado ratificado por órgãos ambientais nacionais

SALA DA NOTÍCIA Gustavo Coelho
Um SUV pesa duas toneladas. Um elefante pesa duas toneladas. Imagine empilhar 32 carros utilitários ou o mesmo número de paquidermes. Esses são dois exemplos do equivalente da redução de plástico promovido pela Promax Bardahl nos últimos três anos, após adotar embalagens de papelão. São nada menos que 64 toneladas do resíduo retiradas da natureza. Medidas como esta levaram a empresa a receber o Selo Verde, um Certificado Ambiental que atesta boas práticas sustentáveis e regenerativa desenvolvidas em prol da vida e do meio ambiente.

Essa eco-etiqueta é fornecida apenas para um seleto grupo de empresas, que recebem autorização para usar do Selo Verde em seus materiais de divulgação até em julho de 2023, data da nova avaliação. Com isso, a Promax Bardahl tem uma oportunidade a mais de comunicar a seus clientes e parceiros o compromisso com práticas sustentáveis na fabricação dos seus produtos.

A ação das embalagens de papelão, que já podem receber o Selo Verde, é emblemática. A empresa havia adotado os packs de plástico, mas reavaliou sua posição quando a nova diretoria assumiu, no final de 2018. No início de 2019, voltou a incluir as caixas de papelão para 12 e 24 unidades de lubrificantes e aditivos em sua linha de montagem. A medida tem provocado economia de 1,53 tonelada de plástico por mês e, além de ser ecologicamente inteligente, facilita o empilhamento e estocagem dos produtos nas oficinas, postos e galpões dos clientes.

"A missão da Promax é fazer a diferença na vida das pessoas, oferecendo produtos de qualidade e com responsabilidade ambiental. Após dois anos utilizando packs de plástico, voltamos a embalar produtos em caixas de papelão em 2019, mesmo com custo mais alto, o que comprova nosso compromisso com a natureza. É um passo importante na nossa caminhada no compromisso de responsabilidade dentro da indústria brasileira. Seguiremos nessa jornada em busca de soluções sustentáveis", afirma a diretora executiva da Promax, Roberta Galvão.

Boas práticas comprovadas - A Promax Bardahl recebeu parecer positivo de órgãos ambientais na esfera federal, estadual e municipal, tais como as Secretarias Estaduais de Meio Ambiente,  Ministério de Meio Ambiente, IBAMA, CONAMA, Prefeituras e outras instituições ligadas ao meio ambiente. Entre os principais pontos avaliados estão: licenças ambientais emitidas pelos órgãos ambientais; produção e aperfeiçoamento de tecnologias que visem o desenvolvimento sustentável, aliando tecnologia à preservação ambiental; projetos de neutralização e sequestro de carbono, entre outros.

"O direcionamento socioambiental do ecossistema desenvolvido pela nossa empresa é fundamental tanto para os resultados quanto para a imagem da Promax Bardahl na conquista da confiança de seus clientes, colaboradores e sociedade", afirma a diretora executiva, que complementa. "O Selo Verde reflete o comprometimento da nossa empresa com o meio ambiente, numa perspectiva de desenvolvimento sustentável. É uma conquista que seguiremos trabalhando para manter e seguir em frente na busca por novas realizações."
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://noticiasdoes.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Envie sua sugestão de pauta pelo Whatsapp