23/07/2022 às 13h00min - Atualizada em 24/07/2022 às 00h02min

OMS diz que varíola do macaco é “emergência global de saúde”

Doença conta com mais de 16,5 mil casos em mais de 70 países; no Brasil, são 592 casos confirmados - a maior parte em São Paulo

Olhar Digital
https://olhardigital.com.br/2022/07/23/medicina-e-saude/oms-diz-que-variola-do-macaco-e-emergencia-global-de-saude/

A varíola do macaco é, oficialmente, uma “emergência global de saúde”, segundo declaração mais recente da Organização Mundial de Saúde (OMS). Ao todo, são mais de 16,5 mil casos confirmados em mais de 70 países.

No Brasil, a varíola do macaco também vem incomodando as autoridades sanitárias: são 592 casos confirmados, com a maior parte deles vinda de São Paulo – o estado conta com 429 situações analisadas, segundo o G1.

Leia também

Erupções da pele são o principal sintoma da varíola do macaco, mas não o único. OMS declarou "estado de emergência global de saúde", recomendando a tomada de ações mundialmente coordenadas para conter o avanço da doença

Erupções da pele são o principal sintoma da varíola do macaco, mas não o único. OMS declarou "estado de emergência global de saúde", recomendando a tomada de ações mundialmente coordenadas para conter o avanço da doença

Erupções da pele são o principal sintoma da varíola do macaco, mas não o único. OMS declarou “estado de emergência global de saúde”, recomendando a tomada de ações mundialmente coordenadas para conter o avanço da doença (Imagem: Irina Starikova3432/Shutterstock)

Um estado de emergência global não é uma “pandemia”, mas é ela o que vem em seguida em caso de piora da situação. Basicamente, a classificação de “emergência global” significa que a OMS recomenda a tomada de ações mundialmente coordenadas para conter o avanço de uma determinada doença, segundo explicou a Al-Jazeera.

“Nós temos um surto que se espalhou pelo mundo rapidamente, por meio de novas formas de transmissão, sobre as quais temos pouco conhecimento”, disse Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor geral da OMS. “Por todos esses motivos, eu decidi que o surto global da varíola do macaco representa uma emergência de saúde pública de preocupações internacionais”.

De acordo com dados divulgados pela própria OMS, a varíola do macaco apresentou aumento de 77% no volume de infecções entre junho e julho de 2022.

Ao contrário da COVID-19, a varíola do macaco tem sintomas bem visíveis, com erupções cutâneas evidentes – espinhas mais contundentes, na prática – aparecendo no rosto no terceiro dia de infecção. Essas erupções se espalham pelo corpo nos dias seguintes. Em cerca de duas semanas, o paciente já está melhor.

Antes disso, porém, o paciente já sente outros sintomas nada fáceis: febre, dores musculares e de cabeça, calafrios, um sentimento generalizado de exaustão e o fechamento de linfonodos, o que compromete o sistema imunológico. Assim como se faz com a COVID-19, as melhores prevenções são o uso de máscaras, o distanciamento social e a higienização constante de mãos com água e sabão ou álcool em gel.

“Tais medidas não farmacológicas, como o distanciamento físico sempre que possível, o uso de máscaras de proteção e a higienização frequente das mãos, têm o condão de proteger o indivíduo e a coletividade não apenas contra a Covid-19, mas também contra outras doenças”, disse a Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) ao G1.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post OMS diz que varíola do macaco é “emergência global de saúde” apareceu primeiro em Olhar Digital.



Fonte: https://olhardigital.com.br/2022/07/23/medicina-e-saude/oms-diz-que-variola-do-macaco-e-emergencia-global-de-saude/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://noticiasdoes.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Envie sua sugestão de pauta pelo Whatsapp