18/07/2022 às 09h25min - Atualizada em 18/07/2022 às 10h01min

China se prepara para lançar novo módulo para a estação espacial Tiangong

Tudo está correndo de acordo com o planejado pela China para concluir a construção de sua própria estação espacial ainda em 2022

Olhar Digital
https://olhardigital.com.br/2022/07/18/ciencia-e-espaco/china-se-prepara-para-lancar-novo-modulo-para-a-estacao-espacial-tiangong/

Tudo está correndo de acordo com o programado no ambicioso plano da China para concluir a construção de sua própria estação espacial ainda em 2022

Enquanto os taikonautas da missão Shenzou-14 preparam o módulo central Tianhe, equipes em solo estão prosseguindo com os preparativos para o lançamento dos dois próximos módulos, Wentian e Mengtian – sendo que o primeiro deles deve decolar já no próximo domingo (24).

Combinação do módulo de pesquisa Wentian, da estação espacial da China, e um foguete Long March-5B Y3 sendo transferida para a área de lançamento. Imagem: Tu Haichao/Xinhua

De acordo com a agência de notícias estatal Xinhua, a Agência Espacial Tripulada da China (CMSA) revelou que um foguete Longa Marcha 5B já combinado com o módulo Wentian no topo foi transferido para a área de lançamento, na província de Hainan, neste domingo (17), já manhã de segunda-feira (18) no país asiático.

Um grande braço robótico do módulo Tianhe – que significa “Harmonia dos Céus” – será responsável por agarrar e mover os módulos para a posição depois que eles se acoplarem. Com a inclusão dessas duas novas cápsulas, a estação espacial chinesa estará completa, alcançando o formato projetado em T. Ela terá 20% da massa total da Estação Espacial Internacional (ISS), com uma vida útil estimada em 10 anos, que poderá ser estendida por mais cinco anos com upgrades futuros.

Os dois novos módulos têm uma massa de mais de 20 toneladas cada e foram projetados principalmente para hospedar experimentos científicos. Wentian (expressão chinesa para “Busca pelos Céus”) vai adicionar novas escotilhas para caminhadas espaciais e um segundo braço robótico menor à estação espacial, que orbita entre 340 e 450 km acima da Terra.

Leia mais:

“Depois que a estrutura em forma de T for formada, testaremos completamente as funções e desempenho da estação espacial como um todo. Estimamos que ela estará operacional no fim do ano”, disse Bai Linhou, vice-designer chefe de sistemas da estação espacial na Academia Chinesa de Tecnologia Espacial (CAST), em uma entrevista feita em fevereiro à Televisão Central da China (CCTV).

Estação espacial da China terá lotação máxima pela primeira vez

O lançamento do módulo Mengtian (“Sonhar com os Céus”) está previsto para outubro. Juntos, os dois módulos de pesquisa vão receber cerca de mil experimentos científicos aprovados pela CMSA.

Posteriormente, a missão Shenzhou-15 levará mais três astronautas à estação, que se juntarão à tripulação Shenzhou-14, de acordo com o Conselho de Estado da República Popular da China, sendo a primeira vez que o lugar terá lotação máxima.

Segundo o site de notícias China Military Online, isso acontecerá durante cinco a dez dias, até que a tripulação de Shenzhou-14 retorne à Terra, deixando os taikonautas da missão Shenzhou-15 completando a integração dos módulos.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post China se prepara para lançar novo módulo para a estação espacial Tiangong apareceu primeiro em Olhar Digital.



Fonte: https://olhardigital.com.br/2022/07/18/ciencia-e-espaco/china-se-prepara-para-lancar-novo-modulo-para-a-estacao-espacial-tiangong/

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo que acontece! Basta clicar aqui.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://noticiasdoes.com.br/.