14/07/2022 às 01h03min - Atualizada em 14/07/2022 às 02h01min

Ex-engenheiro da CIA é condenado por envio de dados confidenciais ao Wikileaks em 2017

Além de ter vazado informações confidenciais ao Wikileaks, ex-agente da CIA também é acusado de posse e transporte de pornografia infantil

Olhar Digital
https://olhardigital.com.br/2022/07/14/seguranca/ex-engenheiro-da-cia-e-condenado-por-envio-de-dados-confidenciais-ao-wikileaks-em-2017/

Um tribunal de Nova York condenou Joshua Schulte, ex-engenheiro da CIA, por compartilhar informações com o WikiLeaks sobre programas de espionagem usados pela agência de inteligência americana. A decisão foi proferida na quarta-feira (12) e incrimina Schulte em nove acusações.

Em 2017, o WikiLeaks publicou um diretório com nome de Vault 7 que expunha uma série de ferramentas utilizadas pela CIA para interceptar mensagens e vasculhar computadores, iPhones e até TVs de potenciais alvos. Os documentos foram escritos entre 2013 a 2016.

“O veredicto de hoje afirma que manter a segurança das capacidades cibernéticas de nossa nação é de extrema importância”, disse Tammy Thorp, porta-voz da CIA, ao The Verge. “É fundamental para a segurança do povo americano e nossa vantagem contra adversários no exterior.”

Na CIA, Schulte, hoje com 33 anos, trabalhava no OSB (Filial de Suporte a Operações, na sigla em inglês), onde construía ferramentas de hacking. Segundo informações da revista americana New Yorker, ele era capaz de rapidamente transformar softwares-protótipo em recursos de monitoramento e roubo de informações do alvo.

Curiosamente, investigadores só conseguiram obter evidências contra Schulte após lapsos de segurança pessoal. Por exemplo, armazenar senhas no telefone celular para acessar armazenamento criptografado.

Leia mais:

Acusações de pedofilia

Além do envolvimento no caso Wikileaks, o ex-engenheiro da CIA enfrenta ainda um outro processo, no qual é acusado de pedofilia. Desde 2018, ele está detido no Metropolitan Correctional Center, em Nova York.

Em 2020, o primeiro julgamento de Schulte foi anulado porque um júri o condenou por mentir aos investigadores do FBI, mas não o restante das acusações. No novo julgamento, porém, ele foi incriminado por coleta, roubo e transmissão de informações confidenciais e obstrução de justiça.

Schulte agora espera a resolução das acusações relacionadas a posse e transporte de pornografia infantil.

Com informações do The Verge

*Crédito da informação principal: Casimiro PT/Shutterstock

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Ex-engenheiro da CIA é condenado por envio de dados confidenciais ao Wikileaks em 2017 apareceu primeiro em Olhar Digital.



Fonte: https://olhardigital.com.br/2022/07/14/seguranca/ex-engenheiro-da-cia-e-condenado-por-envio-de-dados-confidenciais-ao-wikileaks-em-2017/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://noticiasdoes.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Envie sua sugestão de pauta pelo Whatsapp