Construção civil deve ter alta de crescimento em 2021, o maior para o setor em oito anos

Construção civil deve ter alta de crescimento em 2021, o maior  para o setor em oito anos

A construção civil é conhecida no país como um setor de estabilidade na economia No ano de 2020, em meio a pandemia e na onda de desemprego, foram criadas quase 17 mil vagas de empregos relacionadas à construção civil no Brasil, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

A Câmara Brasileira da Indústria da Construção divulgou recentemente uma retrospectiva sobre o desempenho do setor da construção civil em 2020 e as projeções da Indústria em 2021 deverá ter o maior crescimento para o setor em oito anos. Segundo projeções divulgadas o segmento deve avançar 4% neste ano, depois de recuar 2,8% em 2020.

Na visão do empresário da construção civil, Gérlio Soares Figueiredo com o desenvolvimento tecnológico em expansão, acredita que os avanços serão grandes no mercado.

“No momento, enxergamos muitos avanços tecnológicos na construção civil, além do uso de realidade virtual, tecnologia móvel e de projetos que buscam mais sustentabilidade e até mesmo o monitoramento de informações da construção (BIM) estará em alta.”

Caso a estimativa de crescimento do setor se confirme, essa será a maior expansão para a construção civil desde 2013, quando o setor tinha crescido 4,5%.  Além disso, o encarecimento de matérias primas e o desabastecimento de alguns insumos podem prejudicar a recuperação do setor.

Carreira

O empresário Gérlio Soares Figueiredo é o retrato da cena cultural baiana. Com apenas 32 anos de idade, o empreendedor já acumula vasta experiência em diferentes nichos de mercado, como transportes, construção civil, pecuária, factoring, indústria de vestuário e entretenimento. (Veja mais aqui)

admin

admin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *