A próxima semana promete ser de muita emoção para o diretor Abel Santana. É que serão apresentados em Vitória, sob sua batuta, o “Festival de Cenas Curtas”, no dia 9 de dezembro e os espetáculos “O tempo não para – O Musical”, nos dias 10 e 11 e “Sogras – Você já teve, tem ou terá”, de 12 a 15. Em cena, mais de 100 novos talentos que estão sendo revelados pela oficina de atores do capixaba. Todas as apresentações vão acontecer no Espaço Cultural Abel Santana.

A programação cultural terá início com a apresentação do Festival de Cenas Curtas, na segunda-feira (9), às 19h30. Os novos atores – crianças e adolescentes – prometem divertir o público com várias cenas, inclusive improvisos, criadas por eles mesmos, com foco em situações do cotidiano, como relacionamento e questões familiares. “Todos são alunos da turma de iniciação teatral. Nosso objetivo é fazer com que eles quebrem a barreira de estar no palco e encarar o público pela primeira vez”, revela Abel Santana.

Já na terça (10) e quarta-feira (11), em sessões às 19 e 21 horas, será a vez do elenco apresentar “O Tempo Não Para – O Musical”. A história se passa no ano de 1988 e foca em um grupo de estudantes em seu último ano do segundo grau do Colégio São Marcos, uma tradicional escola católica dirigida pelo ditador padre Altamir. Depois de tantos anos juntos, os estudantes vão enfrentar alguns desafios como organizar a formatura, passar no vestibular e vivenciar novas configurações de relacionamentos. O grupo cresce, amadurece e percebe coisas que antes não tinha maturidade para viver e compreender que a vida é feita de momentos. O espetáculo tem texto assinado por Lara Santana, com colaboração de Abel Santana, coreografias de Grasie Fink e preparação vocal de Marcos Andrade. Esta é a primeira turma de teatro musical do Espírito Santo. “O público vai se surpreender com a performance dos artistas, que se dedicaram muito em aulas de expressão corporal, canto e dança para fazerem bonito no palco. Para mim, em especial, será uma nova experiência, já que, pela primeira vez, divido o processo teatral com outros diretores”, destaca Abel Santana, que também atua na montagem.

Fechando a semana com chave de ouro será apresentada a peça “Sogras – Você já teve, tem ou terá”. Trata-se de uma montagem de 2015, mas com uma roupagem diferente do formato original. A começar pelo rodízio de atores em cena. Os diálogos também estão mais atuais. A peça propõe levar ao palco um tema muito conhecido de todos e que sempre arranca boas gargalhadas do público. A palavra sogra por si só já traz consigo várias histórias e várias delas serão retratadas no paco, em cinco esquetes que vão destacar as relações de sogras, filhos, filhas, genros e noras em vários contextos familiares. Com certeza a plateia vai se identificar com algumas das situações retratas neste divertido espetáculo.


Serviço

Festival de Cenas Curtas

Data: 09/12 (segunda-feira), às 19h30

Local: Espaço Cultural Abel Santana (Orla de Camburi)
Ingressos: R$ 20 (meia entrada). Ingressos adquiridos até um dia antes do espetáculo terão preços de meia entrada.
Ponto de vendas: bilheteria do Espaço Cultural Abel Santana
Classificação livre
Informações: (27) 3082-7855 ou 99860-8670

Espetáculo “O Tempo Não Para – O Musical”
Data: 10/12 (terça-feira) e 11/12 (quarta-feira). Sessões às 19h e às 21h
Local: Espaço Cultural Abel Santana (Orla de Camburi)
Ingressos: R$ 20 (meia entrada). Ingressos adquiridos até um dia antes do espetáculo terão preços de meia entrada.
Ponto de vendas: bilheteria do Espaço Cultural Abel Santana
Classificação livre
Informações: (27) 3082-7855 ou 99860-8670

Espetáculo “Sogras – Você já teve, tem ou terá”
Data: 12 a 14/12. Sessões às 19h e às 21h

Local: Espaço Cultural Abel Santana (Orla de Camburi)
Ingressos: R$ 20 (meia entrada). Ingressos adquiridos até um dia antes do espetáculo terão preços de meia entrada.
Ponto de vendas: bilheteria do Espaço Cultural Abel Santana
Classificação livre
Informações: (27) 3082-7855 ou 99860-8670

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui