O Conselho Brasileiro da Produção Orgânica e Sustentável (Organis) realizou Pesquisa Consumidor Orgânico 2019, que mostra resultados muito otimistas para o setor: 19% consomem algum produto orgânico e 35% da população consumiu produtos orgânicos nos últimos seis meses; 67% estão dispostos a aumentar compra de produtos, sendo na região sul o maior percentual de consumo (48%), seguido pelo sudeste (42%).

            Realizada pela Brain – Bureau de Inteligência Corporativa, a pesquisa entrevistou 1.027 pessoas nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Fortaleza, Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, Manaus, Goiânia e Brasília, sendo 56% mulheres e 44% homens, de 18 a 40 anos, com renda de 1 a 10 salários mínimos.

A primeira pesquisa Organis, em 2017, registrou 15% de consumidores orgânicos (sem incluir a região norte) e a pesquisa de hoje mostra crescimento para  19%.

“Constatamos que 1 em cada 5 brasileiros consome algum produto orgânico, com frequência média de três vezes por semana, em especial hortifrutis. Há muitas oportunidades de crescimento, pois a pesquisa aferiu que 88% estão dispostos a comprar orgânico”, explica Ming Liu, diretor do Organis.

            Os hortifrutis se mantém na liderança de consumo no setor orgânicos (35% – frutas, 24% de verduras, 21% alface, 16% legumes, 15% tomate e 8% de hortaliças), mas 35% dos consumidores brasileiros sabem que existem outros tipos de produtos orgânicos além dos alimentícios, como produtos de limpeza, cosméticos e vestuário.

O preço dos produtos orgânicos ainda pesa na decisão de compra para 75% dos entrevistados, mas a pesquisa aponta que para 48% dos que consomem essa diferença é justificada. “O que nos anima é perceber que uma parcela significativa dos brasileiros já reconhece claramente o valor agregado aos produtos orgânicos, pois tanto os que consomem como os que não consomem esse tipo de produto entendem que os custos de produção mais elevados justificam o maior preço dos orgânicos. A partir dessa pesquisa, podemos dizer com segurança que, na medida em que a renda do brasileiro aumentar, o tamanho do mercado de orgânicos também vai crescer, pois há motivação e disposição para o consumo”, conclui Cobi Cruz, diretor do Organis.

            A Pesquisa Consumidor Orgânico 2019 pode ser acessada diretamente no site do Organis: www.organis.org.br e em

https://drive.google.com/open?id=1H_hcdKrFI620Od04Ym84AsOVmnO2RPre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui